O Olival Heritage

Do vinho ao azeite!

A Quinta do Vale do Seixo produz essencialmente vinho do Porto e vinhos Douro DOC, produtos de excelência que fizeram a fama do Douro que é, desde 1756, a mais antiga região vinícola delimitada e controlada no mundo.

Para além disso, desde 2016, também produzimos azeite a partir de um terreno de 5 hectares de olival novo com cerca de 1300 oliveiras plantadas em terrenos autenticamente durienses, pobres e xistosos

Este olival é constituído de três variedades de azeitonas, nomeadamente Cordovil, Cobrançosa et Madural.

Em 2019 o olival ganhou mais 2 hectares e 350 novas oliveiras novas com 3 anos de variedade Cordovil. Hoje totaliza 7 hectares e cerca de 1700 oliveiras, muitas das quais centenárias, que marcam os limites da vinha.

A produção de azeite tem vindo a aumentar bastante com a chegada a maturidade das oliveiras plantadas nos últimos anos, sabendo que cada oliveira começa a produzir quantidades significativas de azeitona a partir do seu 5°ano.

Acreditamos que a produção local e a venda direta, em circuitos curtos, são enormes mais-valias para o consumidor e, com esse objetivo, pretendemos investir num lagar próprio para podermos produzir o azeite logo diretamente na Quinta sem termos de passar pelo lagar central.

Para obter azeitonas de alta qualidade, e dai fazer uma azeite excecional, Julien dos Santos e a sua equipa asseguram que todos os procedimentos são realizados da melhor maneira. Esse objetivo reflete-se, nomeadamente, no uso de técnicas de controlo biológico como a colocação de “armadilhas” contra a mosca do olival, a manutenção da flora natural dos caminhos entre parcelas e um sistema de rega gota a gota, sabendo que, no verão as temperaturas atingem facilmente os 40°C.

 

Não nos podemos esquecer de um dos provérbios mais conhecidos da região: “O clima do Douro são 9 meses de inverno e 3 meses de inferno!”

 

Por isso mesmo, é essencial assegurar o desenvolvimento do olival, e de cada árvore em particular, adaptando as práticas às variações climáticas e as exigências do clima.

 

Na Quinta Vale do Seixo não corremos atrás de etiquetas BIO, que exigem uma certificação altamente dispendiosa, mas respeitamos os ciclos da natureza e apostamos numa produção natural e biológica.

A mecanização e as intervenções são mínimas: três tratamentos por ano, composto natural e total ausência de produtos químicos. A apanha da azeitona é feita manualmente de forma a respeitar a árvore e o fruto e, assim, maximizar a qualidade da apanha.

A apanha da azeitona é feita manualmente de forma a respeitar a árvore e o fruto e, assim, maximizar a qualidade da apanha.

Desde aí até à transformação trabalhamos com o objetivo de garantir a maior qualidade, mantendo a identidade do Douro.

Para fazermos o nosso azeite, tentamos reduzir ao mínimo o tempo que a azeitona espera antes de entrar no lagar, sendo esse um critério essencial para conseguirmos preservar a frescura da apanha e, assim, obter um azeite virgem extra de alta qualidade.

A nossa maior missão é produzir um azeite único, identitário e elegante: uma verdadeira joia gastronómica.

Azeite do Douro

Azeite Virgem Extra produzido na nossa Quinta de forma tradicional 

Extraído e prensado localmente 

Bouteille de 500ml

Azeite do Douro

Azeite Virgem Extra produzido na nossa Quinta de forma tradicional 

Extraído e prensado localmente 

Garrafão

pt_PT
Woostify logo

Votre expérience